Lacasa | Suvinil revela Eclipse, a cor do ano 2022
17746
post-template-default,single,single-post,postid-17746,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,paspartu_enabled,paspartu_on_bottom_fixed,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

Suvinil revela Eclipse, a cor do ano 2022

Suvinil revela Eclipse, a cor do ano 2022

Um tom de verde fresco por simbolizar energia, aventura e renascimento batizado de Eclipse será a cor de 2022 da Suvinil.

A fabricante de tintas aposta nesta tonalidade que é resultado de seu novo estudo de tendências cromáticas. A marca aposta numa nuance suave que remete à esperança, como explica Michell Lott, consultor de cores da empresa e autor do estudo. “Nossa pesquisa apontou diversos comportamentos fora da curva. Viemos de um ano atípico e, com a aproximação da liberação pós-pandemia, o sentimento é de reinauguração do mundo. Há uma euforia no ar e a expectativa é que 2022 seja um grande delírio”.

Eclipse, a cor do ano 2022 eleita pela Suvinil. Foto: André Klotz

Como eu quero me sentir em 2022?”. Essa é a pergunta que norteia o estudo batizado de Sensações Cromáticas. Ao olhar para o mundo em que vivemos, percebemos que nos encontramos em um caos tão grande que nossas inspirações não partem mais do mundo real, mas sim de mundos fantasiosos, de projeções emocionais e, também, da imaginação. Em um momento marcado pela esperança e pela expectativa, os sentimentos se tornam protagonistas na hora de desenhar os planos para o futuro próximo. Com infinitas possibilidades de caminhos, a razão abre espaço para emoção e reforça o desejo pela liberdade. Nessa nova era, em que nossas escolhas nos fazem sentir vivos, as cores e suas sensações cromáticas se tornam nossos talismãs, colorindo vidas, histórias e levando a todos a esperança de um futuro melhor.

Eclipse, a cor do ano 2022 eleita pela Suvinil. Foto: André Klotz

Além da cor de 2022, a pesquisa de comportamento e tendências nacionais e globais trouxe três macrotemas a serem explorados, sendo eles: mundo ideal, mundo surreal e mundo digital.

O mundo ideal traz uma paleta natural, tranquila e aterradora com tons leves, solares e simples, sem qualquer sintoma de ansiedade. O ser humano se conecta com esse desejo de viver em harmonia com o planeta em uma troca saudável e equilibrada entre todos os seres com os quais compartilha a vida. Nesse mundo, regular o hiperconsumo e o desperdício e nutrir nossa existência se tornam parte fundamental de nossas rotinas.

Paleta Romantismo Campestre. Foto: André Klotz

No mundo surreal, as cores são combinações energéticas com tons adocicados ou envelhecidos, cores vibrantes e cítricas. Um lugar especial onde vamos quando a vida parece mais difícil. Um espaço onde tudo pode acontecer. O imaginário humano transforma a criatividade em uma ferramenta do inconsciente que propõe conforto, otimismo e uma grande válvula de escape. Passamos a desejar novas realidades, estéticas fantasiosas e referências vindas de fontes inúmeras, como desfiles de moda, arte, design, beleza e mais, muito mais. Surge uma paleta cheia de energia e de contrastes, com tons vibrantes dando energia para a vida. A ideia é experimentar e se divertir em composições que funcionam como uma injeção de ânimo.

Paleta Ateliê Psicodélico. Foto: André Klotz

No mundo digital é composto por tons claros e tons pastéis. Navega na influência que a tecnologia tem na nossa estética e imaginação. A tecnologia se torna a nova magia, na medida que nos aponta para nossas possibilidades de existência. Referências nostálgicas do retrofuturismo se misturam às novas descobertas da ciência e também à nossa nova relação com o digital. Os tons clarinhos substituem o prateado naquilo que chamamos de “versão mais doce e aquecida do futuro”. Em uma junção de conexão e consciência, a inteligência artificial se apresenta menos impessoal, transformando gadgets em vozes e personas.

Paleta Sonho Etéreo. Foto: André Klotz


Fale conosco.
Olá
Atendimento de seg. a sexta das 08 as 18h.