Lacasa | Luxo e conforto com o mobiliário na antiguidade; conheça a história
421
post-template-default,single,single-post,postid-421,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,paspartu_enabled,paspartu_on_bottom_fixed,qode-theme-ver-11.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.2.1,vc_responsive

Luxo e conforto com o mobiliário na antiguidade; conheça a história

Luxo e conforto com o mobiliário na antiguidade; conheça a história

Muito mais do que um simples item de decoração ou objeto, o mobiliário consegue contar histórias através de suas linhas, formas e texturas. As inter-relações familiares e o espaço doméstico são moldados a partir desse ambiente formado com os móveis. A simbologia que um sofá tem para o trabalhador que chega em casa ao final do dia ou a mesa para a família é forte e faz parte da memória das pessoas. Antes dos móveis LaCasa Design irem para a área externa, muita coisa aconteceu na história. 

Mobiliário na Antiguidade

Estilo Egípcio

Dados históricos apontam que os móveis existem pelo menos desde o período neolítico (7000 a.C.). Contudo, os registros técnicos começaram a ser feitos a partir de 3000 a.C. com os egípcios. O hábito de preservar os mortos e os pertences possibilitou a descoberta de inúmeros móveis em suas tumbas.

Os egípcios dividiam suas mobílias em cerimoniais e utilitárias. Os cerimoniais, como o trono por exemplo, eram revestidos de ouro ou prata. Já os utilitários, que eram as camas, bancos e apoios para cabeça, permaneciam com a cor natural da madeira. A decoração das peças continha pedras preciosas, ouro, prata, vidro, marfim e cerâmica.

O hábito de sentar com as pernas cruzadas fizeram com que fossem criadas cadeiras com pouca altura. Além disso, seus suportes imitavam as patas de animais e os braços mostravam leões e até mesmo cisnes.

Estilo Grego

O mobiliário grego prezava mais pelo conforto do que pela estética. Datados de 1200 a.C. até 300 a.C., os móveis se adaptavam ao corpo perfeitamente e, assim como no egípcio, também possui divisões quanto à ocasião. Existiam peças para serem usadas em cerimônias ao ar livre e para o uso diário chamadas de Kline e klismos, respectivamente.

Por ser uma região rica em materiais como o mármore, bronze, ferro, madeira, ouro, prata, e marfim, as peças recebiam esses acabamentos, além de seguirem uma simetria e regularidade do desenho do móvel.

Estilo Romano

O estilo romano, inicialmente, lembra muito o grego, porém eram mais luxuosos. Alguns detalhes que chamam atenção são os pés dos móveis em formato de patas de leão e algumas figuras mitológicas.

Ela teve início no ano de 200 a.C., suas cadeiras possuíam encosto curvo e remetiam bastante à arte grega. O mobiliário mais importante desta época eram as camas, local onde passavam a maior parte do tempo.

O período da antiguidade, pelo que pudemos perceber, foi importantíssimo para que pudéssemos ter o mobiliário de hoje. Nos dias atuais eles já não estão apenas dentro de casa, mas fazem parte da área externa. Ser você está pensando em mobiliar esse local tão especial, acesse nosso site e conheça todos os nossos produtos.